Buscar
  • Ivan Kleber

Adolescente de 15 anos é suspeita de planejar atentado contra agente no DF

Apreendida na Unidade de Internação Feminina do Gama por roubo, uma adolescente de 15 anos é suspeita de planejar a morte de uma agente socioeducativa. O fato ocorreu quando a menor estava em liberdade, em março deste ano, mas só veio à tona no último sábado (21/5), após o registro de ocorrência na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Em conversa informal com outros servidores, a reeducanda confessou que roubou um carro, juntou-se a outras pessoas e, com uma arma de fogo, esperou a mulher sair para o intervalo do jantar em uma estrada de chão para cometer o crime.


Desde os 13 anos, a adolescente acumula 10 infrações por tráfico de drogas e roubos, sendo a primeira registrada em agosto de 2019. Na última apreensão, em 28 de abril, por roubo, a reeducanda estava em uma sala multiuso da unidade, quando relatou a outros agentes que não era bem tratada por alguns servidores, sentia-se constrangida com os olhares intimidadores e chegou a ser chamada de “peba” pela agente, motivo este que teria se enfurecido e planejado um ataque.


Entre 20 de dezembro de 2021 e 18 de março deste ano, período em que estava solta, a garota roubou um Cobalt no estacionamento de uma universidade do DF com outras pessoas e fez uma campana no caminho da estrada de chão que liga a Unidade de Internação Feminina do Gama à pista principal — . O objetivo, segundo ela, era fazer “algum mal” à agente. Contudo, o plano só não foi executado porque, neste dia, a servidora não saiu da unidade para jantar.


Ainda em detalhes, a adolescente contou que o carro estava sem placa e farol e estacionou próximo aos arbustos no caminho de estrada de chão, onde aguardou a policial sair para jantar. Questionada sobre o motivo do plano, a menor alegou que foi a única vez em que preparou uma “campana” e se sentiu “diminuída” pela servidora. O caso segue em apuração pela Polícia Civil do DF.


0 visualização0 comentário