Buscar
  • Ivan Kleber

Casal diz que matou mulher porque ela se negou a desfazer “maldição”, em Aparecida (GO).

Um casal confessa que matou uma mulher de 45 anos e abandonou o corpo dela em um lote baldio, no Jardim Nova Veneza, em Aparecida de Goiânia. O cadáver foi encontrado por moradores na manhã de domingo (10). De acordo com a Polícia Civil, os presos são um homem, também de 45 anos, e uma mulher, de apenas 22. O sujeito é ex-companheiro da mulher assassinada e, desavenças entre a vítima e a nova namorada dele, teriam desencadeado o homicídio.

O casal estava escondido em um motel, situado no Setor Garavelo, quando foi abordado pelos agentes civis ainda neste domingo (10). Aos policiais, o casal justificou o crime dizendo que a vítima havia feito um trabalho espiritual negativo contra o homem, depois que os dois terminaram o relacionamento que tinham.

A tal maldição lançada pela vítima estaria prejudicando o homem em sua vida. Portanto, a nova namorada dele decidiu ir atrás da vítima, para exigir que ela desfizesse o tal trabalho.


A discussão entre as duas mulheres se acalorou. Em determinado momento, a suspeita se armou com uma faca e golpeou a vítima, principalmente na região das costas e do pescoço.

A suspeita ainda detalhou aos investigadores que, ‘tentou arrancar a cabeça’ da vítima, mas não conseguiu. Depois do crime, o casal levou o corpo da mulher até um terreno baldio, no Jardim Veneza.

De acordo com moradores do Jardim Veneza, o mato alto em loteamentos como o que a mulher teve o corpo desovado e a pouca iluminação na região causam insegurança e violência.

Diante da confissão dos suspeitos, a polícia prendeu o casal em flagrante.


0 visualização0 comentário