Buscar
  • Ivan Kleber

Em Cristalina homem é preso após matar esposa estrangulada com cinto.

O crime que ocorreu na madrugada desta sexta-feira 8/4 por volta das 2h30 da manhã e chocou os moradores local. O autor chegou a ligar para amiga da vítima dizendo que ela teria cometido suicídio tentando se livrar da culpa de ter matado a companheira e mãe de três filhos, ele foi preso em flagrante.


A vítima de 27 anos Natália Oliveira Pires acabou morta depois de ser estrangulada dentro do banheiro da casa que vivia com o autor, com cinto, Anderson de Oliveira Silva 26 anos apertou o pescoço de Natália até a morte com quem teria dois filhos, a criança de cinco anos mas velha é fruto do relacionamento anterior da vítima, o fato ocorreu na Fazenda Cristal zona rural de Cristalina Goiás.


Segundo testemunhas a vítima teria reclamado que as agressões eram constantes, em uma delas, a vítima chegou ao trabalho com vários hematomas e tentava esconder o local para que não pudesse ser descoberto, porém amigas tomaram conhecimento pela própria vítima que o autor era violento e que constantemente agredia.


Na Madrugada desta sexta-feira a polícia militar foi acionada e chegando a residência do casal localizou a vítima caída no interior do banheiro com sinais de estrangulamento provocado por um cinto, ao ser indagado o autor e companheiro da vítima disse que há vários dias ela estava deprimida e triste.


E que na data de hoje suspeitou de certa demora da vítima no banheiro e quando arrombou a porta encontrou a mulher caída em óbito, no local policial militares não acreditou na conversa do autor que chegou por várias vezes contradizer, desta forma passando a ser Tratado como suspeito do crime.


Com a chegada da polícia técnica científica feito procedimento pericial Ficou constatado que a Natália não teria cometido suicídio e teria sido estrangulado um cinto até a morte, Os militares questionaram o autor até que ele confessou ter matado a vítima e preferiu usar o seu direito de permanecer calado e somente se manifestar diante do Judiciário. Ele recebeu voz de prisão foi conduzido até a delegacia onde foi feito todo procedimento no auto de prisão em flagrante.


0 visualização0 comentário