Buscar
  • Ivan Kleber

EM LUZIÂNIA, PRESA VENDENDO ATESTADO MÉDICO

🚔🚨 POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DE GOIÁS 🚨🚔

5 DRP Luziânia GEPATRI




Hoje, 19 de junho de 2020, por volta das 11h30, agentes de polícia do GEPATRI – Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais de Luziânia prendeu em flagrante R.L.O. A conduzida fora investigada por este Grupo por emitir atestados médicos falsos. Durante o flagrante, policiais estavam realizando uma campana quando avistaram a conduzida, de posse de um papel dobrado. Ela entregaria um atestado médico para terceiro que estava em um pálio de cor cinza. Durante a abordagem, os policiais renderam R.L.O. - 44 anos, momento que o condutor do veículo empreendeu em fuga. Com a suposta autora, fora encontrado um atestado médico preenchido com supostamente o nome do condutor do veículo, emitido no dia 19 de junho de 2020, supostamente por uma médica A.C.G.C. Diante dos fundados indícios da falsificação de documentos, foi realizado adentramento na residência da suposta autora, a qual disse inicialmente disse que não vende atestados médicos. Contudo no armário da cozinha, em uma sacola de cor transparente, foram encontrados diversos blocos de atestado de comparecimento da Secretaria Municipal de Saúde, atestados médicos da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, assim como solicitações de exames médicos e receituários de controle especial da mesma secretaria. Foram localizados ainda laudos médicos para solicitação de passe livre da Secretaria de Estado de Políticas para as Mulheres, igualdade racial e direitos humanos do Distrito Federal, além de uma folha de caderno com anotações contendo códigos CID (código internacional de doenças), 05 (cinco) carimbos de supostos médicos diversos e três receituários preenchidos em nome de supostos pacientes, assinado por supostos médicos, sendo dois do Distrito Federal e um da Secretaria de Saúde de Luziânia. A condutora, assim como a testemunha – C.S.A – 30 anos, além dos objetos apreendidos, foram apresentados à Autoridade Policial que decidiu pela lavratura do flagrante pelo crime tipificado no art. 297 – Falsificação de documento público e art. 180 - receptação, ambos do CPB


#políciacivil

#PCGO

#PCGOContraOCrime

#GEPATRI

46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo