Buscar
  • Ivan Kleber

Fazendeiro de Edeia é condenado a prisão por estuprar neta e outras duas crianças



A justiça de Edeia condenou a 28 anos de reclusão em regime fechado um fazendeiro acusado por estupro de vulnerável. Segundo o Ministério Público de Goiás (MPGO), as vítimas eram a neta e outras duas crianças do convívio da família. Elas tinham entre seis e sete anos.


Na denúncia, o MPGO informou que os crimes ocorreram entre 2017 e 2020, na fazenda do condenado. Ainda segundo os autos, por mais de uma vez o homem fez com as menores praticassem atos libidinosos com ele.


Juiz não teve dúvida das acusações contra o homem de abusar da neta e outras crianças

Para o juiz Hermes Pereira Vidigal, as provas não deixaram dúvida que o acusado abusou sexualmente das crianças. O homem, que já estava em prisão preventiva, permaneceu detido.


Entre as provas analisadas pela justiça de Edéia, estavam aquelas produzidas no inquérito policial incluso, cartas escritas por uma das crianças e relatório psicológico. Ele também observou não existir qualquer indício que as crianças queriam prejudicar o homem.


Assim, foi descartada a possibilidade delas “fantasiarem” os fatos narrados na denúncia, caso não tivessem, de fato, sido abusadas. “Em crimes desta natureza, levando em consideração as condições em que são praticados, ou seja, às escondidas e aproveitando da fragilidade das vítimas, as palavras de seus genitores, que ouviram seus relatos, possuem relevante valor probatório e, por isso, corroboradas pelos demais elementos probatório”, entendeu o juiz.

0 visualização0 comentário