Buscar
  • Ivan Kleber

Mãe que negociava filhas em troca de drogas, Passa mal é morre em Trindade (GO).

A mulher de 27 anos suspeita de abusar sexualmente das filhas de 4 e 8 anos e negociá-las com homens em troca de drogas morreu em um hospital após passar mal dentro da cela onde estava presa, em Trindade.

De acordo com a Diretoria-Geral de Administração Penitenciaria (DGAP), na sexta-feira (11) a detenta apresentou quadro de vômito e pressão arterial baixa. Os agentes prisionais acionaram a equipe do Serviço de atendimento Móvel de Urgências (Samu) que a encaminhou para um hospital da cidade onde permaneceu internada. No domingo (13), o quadro clínico da mulher se agravou e às 18h25 ela veio a óbito.

Detenta que morreu é suspeita de negociar e “preparar” as filhas para serem abusadas sexualmente

O crime que a levou à cadeia foi descoberto no dia 28 de janeiro, após denúncias anônimas que chegaram a Polícia Civil.

Além de estuprar, a detenta negociava e “preparava” as duas filhas para serem abusadas sexualmente por um homem de 53 anos (identificado como Cleiber Alves Ferreira), que permanece preso e à disposição da Justiça. No momento da prisão, Cleiber e a mãe das meninas planejavam o abuso da menina mais nova, de apenas 4 anos de idade.

Em setembro de 2021, a mãe permitiu que o homem se relacionasse com a filha mais velha, na época com 7 anos, em troca de drogas. Além disso, a mãe registrava o momento em que masturbava as crianças e enviava as gravações para Cleiber. de modo a incitá-lo.

DGAP diz que prestou o atendimento necessário

Em nota, a DGAP informou que prestou o atendimento necessário a detenta.

“ foram tomadas as devidas providências em relação à morte de uma custodiada que cumpria pena por crimes relacionados à violência sexual, na Casa de Prisão Provisória. A detenta, que estava sozinha em uma das celas, foi encaminhada a unidade hospitalar após apresentar quadro de vômito e pressão arterial baixa, na última sexta-feira, 11/02. Diante dos fatos, foram realizadas as comunicações necessárias às autoridades policiais competentes. O óbito foi atestado por médicos da unidade de saúde, às 18h25, desse domingo, 13/02”.


0 visualização0 comentário