Buscar
  • Ivan Kleber

NO DIA DOS PAIS, FILHOS E ESPOSAS GRÁVIDAS ENTERRAM SEUS ENTES QUERIDOS QUE FORAM MORTOS



🌑🌑 LUTO🌑🌑


Corpos dos três PMs mortos em abordagem a falso policial civil são enterrados neste domingo em SP. Dois dos três policiais militares seriam pais nos próximos dias. Caso vai ser investigado pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa.


Os corpos dos três policiais militares, que morreram neste sábado (8), foram enterrados, neste domingo (9), em três cemitérios diferentes -- sendo dois na Grande São Paulo e outro no interior do estado. As esposas de dois deles estão grávidas.


Celso Ferreira de Menezes Júnior; Victor Rodrigues Pinto da Silva; e José Valdir De Oliveira Júnior foram atingidos por disparos feitos por um homem que se identificou falsamente como policial civil na Avenida Politécnica, no bairro do Butantã, Zona Oeste de São Paulo. O suspeito dos crimes, Cauê Doretto de Assis, também foi atingido na troca de tiros e morreu.


O corpo de Celso Ferreira de Menezes Júnior começou a ser velado às 9h o sepultamento estava previsto para as 13h no Cemitério da Paz, no Morumbi, Zona Sul da cidade de São Paulo; O corpo de Victor Rodrigues Pinto da Silva começou a ser velado às 10h e o sepultamento estava previsto para as 11h no Cemitério Memorial Parque da Paz, no Embu das Artes, na Grande São Paulo; O corpo de José Valdir De Oliveira Júnior começou a ser velado às 8h e o sepultamento estava previsto para as 13h no Cemitério Municipal de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo.


O soldado Celso Ferreira de Menezes Júnior tinha 33 anos e estava na corporação há mais de 10 anos. Já o soldado Victor Rodrigues Pinto da Silva, de 29 anos, deixa a esposa que está grávida. O sargento José Valdir De Oliveira Júnior, de 37 anos, e deixa uma filha e a esposa que está grávida de gêmeos, segundo a nota da PM.


Meus sinceros sentimentos a família e amigos.

80 visualizações0 comentário