Buscar
  • Ivan Kleber

PROJETO DA DEP. LÊDA BORGES QUE PREVÊ A DISTRIBUIÇÃO DE ABSORVENTES A MULHERES EM SITUAÇÃO VULNERÁVE



O governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou nesta sexta-feira (8) que distribuirá absorventes íntimos de forma gratuita no Estado. Serão contempladas com os produtos estudantes da rede pública e mulheres em situação de vulnerabilidade social.

Em discurso, Caiado disse que a chamada pobreza menstrual é uma das razões que levam à evasão escolar. “Essas pessoas estão fugindo da aula porque não têm ambiente para estar lá, por não ter condição de ter o absorvente. Vamos cuidar disso. Já determinei à minha secretária (da Educação) que faça isso para todas as alunas da rede pública e mulheres em vulnerabilidade”.

O anúncio ocorre um dia depois de o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vetar a distribuição gratuita de absorventes no país, ação que constava em projeto de lei aprovado no Congresso em setembro. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), já disse que o veto do mandatário poderá ser derrubado.

A proposta nacional institui o Programa de Proteção e Promoção da Saúde Menstrual. Todos os artigos que previam a disponibilização de graça do produto de higiene, seu principal foco, foram vetados. Os vetos do presidente foram publicados no Diário Oficial da União desta quinta-feira (7).

A Deputada Estadual Lêda Borges, autora do projeto na Câmara dos Deputados, ficou muito feliz em saber que Caiado teve a sensibilidade de entender a urgência desse projeto, "muitos pais de família não tem condição de comprar o absorvente para sus filhas, fazendo com que no período mentrual elas se isolem da sociedade, causando até depressão nas adolescentes" indagou Lêda.

16 visualizações0 comentário